11.07.2017 Geral
Regularização fundiária a espera de regulamentação Para o deputado federal Izalci Lucas (PSDB-DF), que presidiu a Comissão Mista no Congresso Nacional, este foi um momento histórico para o Brasil
Compartilhe:
William Sant'Ana

A Medida Provisória 759/2016, que trata da regularização fundiária, foi sancionada nesta terça-feira (11) pelo presidente da República Michel Temer, em solenidade no Palácio do Planalto. A partir de agora, áreas rurais e urbanas, que eram irregulares, poderão ser regularizadas.

Para o deputado federal Izalci Lucas (PSDB-DF), que presidiu a Comissão Mista no Congresso Nacional, este foi um momento histórico para o Brasil. “Lidamos com a realização do sonho de milhares de brasileiros, em especial da população do Distrito Federal, que agora terão a escritura, seja de casa, lote ou condomínio. Foi uma luta grande, mas conseguimos entregar esse presente à população”, disse o parlamentar.

Estiveram presentes na solenidade os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil; Dyogo Oliveira, do Planejamento, e Bruno Araújo, das Cidades. Ao final da solenidade o presidente Temer convidou os ministros, juntamente com o deputado Izalci Lucas para a entrega dos primeiros títulos de propriedade a quatro beneficiários.  

“Enquanto muitos falam de problemas na sociedade, nós estamos cuidando da prosperidade das famílias brasileiras. Este programa vai levar um sentimento de pertencimento e dignidade aos brasileiros, que tanto esperavam por esse momento”, declarou o ministro Bruno Araújo.

Conheça alguns benefícios da MP 759:

Condomínios


  • Venda direta para todos os proprietários de lotes em condomínios, inclusive os que ainda não construíram. Para evitar especulação, cada pessoa poderá comprar apenas um imóvel residencial e um comercial.

  • Serão reduzidos do preço da venda direta os valores investidos em benfeitorias nos condomínios bem como a valorização decorrente dessas benfeitorias.

  • Nas áreas de interesse social os lotes poderão ser gratuitos, bem como as escrituras.

  • Ficam autorizados os muros em condomínios, o que tem grande importância na segurança dos moradores.

  • Terão direito aos benefícios todos os condomínios consolidados até 22 dezembro de 2016.

  • Nos condomínios cujas terras foram doadas pela união, o GDF terá que manter os preços utilizados pela união. Ou seja, nada de especulação imobiliária.

Área Rural


  • Áreas de até 5 hectares serão doadas, bem como as escrituras.

  • Áreas superiores a 5 hecGYtares custarão 221 reais o hectare. O prazo para o pagamento será de vinte anos, com três de carência.

  • Com as terras escrituradas, os produtores rurais poderão ter acesso a financiamento para melhorar sua produtividade.

 

BUSCAR:
Anterior Próximo
Julho 2017
S T Q Q S S D
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
TAGS: Petrobras, Izalci, TCU, CPMI, PSDB, CPI, Congresso Nacional, FIFA, PEC